Soldados israelenses matam manifestante palestino em Gaza

Gaza, 22 mai (EFE) - Soldados israelenses mataram um manifestante palestino e feriram outros 17, alguns gravemente, ao abrir fogo contra um protesto organizado pelo Hamas em Gaza frente a uma passagem comercial com Israel fechada agora, informaram testemunhas e fontes médicas.

EFE |

O responsável do serviço de emergências do Ministério da Saúde em Gaza, Moawiya Hasanin, disse que a vítima fatal é Abdel Karim Ahel, de 22 anos, e precisou que alguns dos feridos se encontram em estado grave.

Segundo uma porta-voz militar israelense, Karim Ahel estava armado e outros manifestantes atiraram pedras contra os soldados, que atiraram em resposta.

As forças de segurança israelenses posicionadas na passagem comercial de Karni -fechada desde junho passado- também lançaram bombas de gás lacrimogêneo contra os manifestantes, que pediam o fim do bloqueio à Faixa.

Desde terça-feira, o Hamas vinha convocando seus simpatizantes através das mesquitas a efetuar a reza do meio-dia e depois participar da passeata contra o cerco israelense, que dura quase um ano e que prejudicou muito a economia da Faixa.

"O povo perdeu a paciência e decidiu romper o cerco por qualquer meio, embora o preço seja a vida", disse um porta-voz do Hamas, Ashraf Abu Dayya. EFE sar/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG