Tamanho do texto

Soldados etíopes mataram nesta quarta-feira pelo menos 12 civis somalis em Baidoa (250 km ao noroeste de Mogadíscio), depois de um ataque contra um caminhão no qual viajavam os oficiais.

Um soldado morreu no ataque e nove civis também ficaram feridos na resposta dos militares, segundo uma testemunha.

O incidente ocorreu depois da explosão de uma bomba na passagem de um caminhão-tanque do Exército etíope.

O Exército etíope, que apóia o governo de transição da Somália, expulsou no fim de 2006 e início de 2007 as milícias islâmicas que controlavam o centro e o sul do país, incluindo a capital Mogadíscio.

Desde então enfrenta uma ofensiva da guerrilha islamita, com atentados quase diários em um país que está em guerra civil desde 1991.

nur-amu/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.