Cartum, 10 mar (EFE).- Quatro soldados da missão conjunta da ONU e da União Africana em Darfur (Unamid) ficaram feridos, um deles em estado grave, em uma emboscada realizada por um grupo de homens armados perto da fronteira entre a região sudanesa de Darfur e o Chade, informou hoje um porta-voz do corpo.

O porta-voz da missão de paz disse aos jornalistas que o ataque aconteceu na segunda-feira à noite, quando o comboio da Unamid retornava de El-Geneina, capital de Darfur Oeste, sua principal base na província.

Após a agressão, os quatro militares foram levados à cidade de Al-Fasher, capital de Darfur Norte, acrescentou a fonte, que não informou a identidade dos atacantes.

O atentado de ontem à noite contra a patrulha da Unamid é o primeiro registrado contra a missão de paz desde que o Tribunal Penal Internacional (TPI) ordenou, na quarta-feira passada, a detenção do presidente sudanês, Omar al-Bashir, por crimes de guerra e de lesa-humanidade em Darfur. EFE az/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.