Nova Délhi, 24 nov (EFE).- Pelo menos 43 soldados cingaleses morreram e outros 70 ficaram feridos em combates travados no norte do Sri Lanka, segundo informou hoje a guerrilha tâmil, embora o Exército qualificou essa parte de exagerada.

Os combates aconteceram este domingo durante 11 horas na estrada que une as cidades de Puneryn e Paranthan, no extremo norte do país, informou o portal "Tamilnet", afim da guerrilha dos Tigres de Libertação da Pátria Tâmil (LTTE).

Segundo a "Tamilnet", a luta aconteceu sob uma intensa chuva, quando o LTTE barrou uma ofensiva do Exército em direção a Paranthan.

"É completamente falso. Tivemos baixas, mas não tantas. Essa quantidade foi exagerada", disse à Agência Efe por telefone o porta-voz do Exército, Udaya Nanayakkara.

Tanto a guerrilha como o Exército reivindicam as baixas causadas no outro lado, mas as partes carecem de comprovação independente porque o acesso às frentes de batalha é proibido. EFE daa/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.