Bagdá, 31 jan (EFE).- Dois policiais iraquianos que vigiavam um colégio eleitoral morreram hoje, baleados por um grupo de soldados americanos na cidade de Mossul, 400 quilômetros ao norte de Bagdá, informaram à Agência a Efe fontes da segurança iraquianas.

No entanto, as fontes não deram mais detalhes sobre o ocorrido e, até o momento, as forças americanas não emitiram nenhum comunicado sobre o incidente.

Outros seis policiais iraquianos ficaram feridos hoje na explosão de uma bomba, na passagem da patrulha em que trafegavam na região de Toz, situada a 90 quilômetros de Tikrit, capital da província de Salah ad-Din.

Em Tikrit, pelo menos outras quatro bombas explodiram, sem ferir ninguém, durante a jornada eleitoral de hoje que começou às 07h locais (2h de Brasília). EFE am/jp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.