Soldado iraquiano morre e dois ficam feridos em ataque suicida no Iraque

Bagdá, 24 jul (EFE).- Um soldado iraquiano morreu hoje e dois ficaram feridos devido à explosão de um carro-bomba dirigido por um suicida na cidade de Mossul, cerca de 400 quilômetros ao norte de Bagdá, informou a agência independente iraquiana Aswat al-Iraq.

EFE |

A agência, que cita uma fonte do Exército iraquiano, afirma que o ataque foi cometido contra um posto de controle estabelecido no bairro de Al-Intisar, no leste de Mossul, capital da província de Ninawa.

Nesta quarta-feira, fontes de segurança de Ninawa afirmaram que dois militares morreram em um ataque lançado por um grupo armado contra um posto de controle na área de Al-Tahrir, no leste de Mossul.

Além disso, um motorista de táxi foi assassinado nesta quarta-feira a tiros por desconhecidos em frente a sua casa, na área de Al-Miran, no centro de Mossul, disseram as fontes.

A violência persiste na província de Ninawa, apesar do estrito plano de segurança que entrou em vigor nessa região em 10 de maio com o objetivo de colocar fim aos atentados e ataques de insurgentes e da rede terrorista Al Qaeda.

As autoridades de Diyala, localizada ao nordeste de Bagdá, anunciaram os preparativos para lançar uma ampla campanha de segurança nessa província contra os rebeldes (sunitas), os milicianos (xiitas) e a Al Qaeda. EFE am/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG