Soldado hispânico é absolvido de morte de dois militares no Iraque

Washington, 4 dez (EFE).- Um tribunal militar absolveu hoje o soldado hispânico Alberto Martínez pela morte de dois superiores na explosão de uma mina em frente ao quarto que ocupavam num quartel militar no Iraque em 2005.

EFE |

Fontes militares disseram que Martínez foi declarado inocente de todas as acusações, após um processo que durou seis semanas em Fort Bragg, na Carolina do Norte.

Martínez se encontrava sob confinamento nessa instalação militar desde que foi detido pela morte do capitão Phillip Esposito e o tenente Louis Allen, membros da 42ª Divisão de Infantaria do Exército.

As fontes indicaram que Martínez foi detido depois de algumas testemunhas do incidente indicarem que o soldado mantinha uma tensa relação com seus superiores. EFE ojl/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG