Tamanho do texto

Un soldado eslovaco, membro da Força de Manutenção da Paz da ONU no Chipre (UNFICYP), morreu neste domingo, anunciou o ministério eslovaco da Defesa, que abriu uma investigação para estabelecer as causas da morte do militar que não estava de serviço.

O Chipre está dividida desde 1974, quando a Turquia invadiu parte do norte depois de um golpe de Estado na Nicósia dos nacionalistas greco-cipriotas apoiados por Atenas.

jma/cll/cnn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.