Soldado da Unamid morre em emboscada em Darfur

Cartum, 17 mar (EFE).- Um soldado da força mista da ONU e da União Africana (Unamid) morreu hoje em uma emboscada na região de Darfur, no oeste do Sudão, segundo fontes deste contingente, que não especificaram a nacionalidade da vítima.

EFE |

Kamal Saiki, porta-voz da Unamid, disse à Agência Efe por telefone que uma patrulha foi atacada por um grupo de oito homens armados quando retornava de uma missão à localidade de Niyala, capital da província de Darfur do Sul.

Saiki, que não deu mais detalhes sobre o fato, precisou que o soldado morreu devido aos disparos dos agressores.

Este é o segundo ataque contra soldados da Unamid desde que, em 4 de março, o Tribunal Penal Internacional (TPI) ordenou a detenção do presidente sudanês, Omar al-Bashir, por crimes de guerra e de lesa-humanidade em Darfur.

No ataque anterior, ocorrido há uma semana, quatro soldados da força mista ficaram feridos em outra emboscada colocada por um grupo armado perto da fronteira entre Darfur e Chade.

Além disso, o incidente de hoje ocorre seis dias depois do sequestro, em Darfur, de seis trabalhadores da organização Médicos Sem Fronteiras da Bélgica, que no final foram libertados por seus seqüestradores. EFE az-aj-ssa/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG