Um soldado da Otan morreu no sábado na explosão de uma bomba de fabricação caseira no sul do Afeganistão.

"Um soldado da Isaf morreu na explosão de uma bomba artesanal na passagem de sua patrulha", afirma um comunicado da Força Internacional de Assistência e Segurança (Isaf) da Otan.

O ministério da Defesa da Grã-Bretanha revelou que o soldado morto é britânico. Ele integrava o 2º batalhão dos Royal Ghurkha Rifles.

O oficial foi vítima de um ataque no distrito de Musa Qala, na província de Helmand.

A Isaf inclui soldados de 40 países.

Um total de 261 soldados estrangeiros morreram no Afeganistão desde o início de 2008, o pior ano para as tropas internacionais desde 2001.

thm/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.