Soldado canadense morre após explosão de bomba no Afeganistão

Toronto (Canadá), 4 abr (EFE).- As autoridades canadenses anunciaram que um de seus soldados desdobrados no Afeganistão morreu hoje quando o veículo no qual patrulhava a província de Kandahar ativou uma bomba, aumentado assim para 82 os militares mortos nesse país.

EFE |

O Ministério da Defesa canadense identificou o falecido como o cabo Terry John Street, do Segundo Batalhão de Infantaria Leve "Princesa Patrícia".

Com sua morte, o Canadá perdeu no Afeganistão 82 soldados e um diplomata desde que iniciou seu desdobramento militar no país asiático em 2002.

As autoridades militares disseram que o incidente ocorreu no distrito de Panjwai ao redor das 18h15 local (10h45, de Brasília) quando o veículo blindado no qual viajava o soldado foi atingido por uma bomba improvisada.

O cabo foi levado ao hospital militar do aeroporto de Kandahar, mas morreu pouco depois em conseqüência de seus ferimentos.

Durante a recém terminada cúpula da Otan em Bucareste, Canadá conseguiu garantir o envio de mil soldados americanos à província de Kandahar, uma das mais conflituosas do país, para apoiar o contingente militar canadense.

Ottawa considera que outros países da Otan não estão comprometidos militarmente da mesma forma que o Canadá e que seus soldados estão carregando de forma desproporcional o peso da luta contra insurgente talibã. EFE jcr/fb

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG