Soldado britânico da Otan morre e outros três ficam feridos no Afeganistão

Um soldado britânico da Otan morreu e outros três ficaram feridos no Afeganistão em uma explosão, informou neste sábado o ministério da Defesa da Grã-Bretanha.

AFP |

Os quatro militares pertenciam ao regimento de cavalaria "Blues and Royals", o mesmo no qual o príncipe Harry, terceiro na linha de sucessão ao trono britânico, havia servido no início do ano.

Um afegão ficou levemente ferido na explosão, segundo o ministério.

A Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf) da Otan havia anunciado pouco antes que um soldado da organização havia morrido e outros dois se feriram, mas não informou a nacionalidade das vítimas, como de costume.

Os soldados foram atingidos por uma "explosão de origem desconhecida" na sexta-feira, durante uma operação na província meridional de Helmand, informou a Isaf em um comunicado.

De acordo com o ministério, o incidente aconteceu quando os militares faziam a segurança de uma patrulha de rotina na região de Nowzad, no norte de Helmand, onde se encontra a maior parte das forças britânicas no país.

A morte do soldado eleva para 48 o número de militares estrangeiros mortos em combate no Afeganistão este ano, a maioria durante enfrentamentos com os talibãs.

A Isaf conta atualmente com cerca de 47.000 militares em solo afegão, dos quais 7.800 são britânicos.

A Grã-Bretanha já perdeu 95 soldados no país desde o início das operações militares em 2001.

elm/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG