Soldado argelino morre em atentado contra comboio do Exército

Argel, 12 abr (EFE).- Um soldado morreu na sexta-feira em um atentado com bomba contra um comboio do Exército na província de Sidi Belabes, no oeste do país, no primeiro atentado mortal após a realização das eleições presidenciais argelinas, informaram hoje fontes locais.

EFE |

A bomba, escondida embaixo da terra perto da estrada e provavelmente acionada à distância, explodiu na passagem do comboio pela localidade montanhosa de Tagouraya, disseram as fontes.

A explosão causou a morte na hora do soldado, cujo corpo foi levado ao necrotério do hospital da cidade próxima de Telagh.

O comboio militar realizava uma operação de rastreamento em busca de um grupo terrorista sobre cuja presença a população da zona tinha alertado um dia antes.

Na quinta-feira - dia das eleições presidenciais argelinas vencidas pelo atual presidente, Abdelaziz Bouteflika, com 90,24% dos votos -, morreram seis militares e outros seis ficaram feridos em atentados nas províncias orientais de Tizi-Ouzou, Tebesa e Boumerdès, segundo a imprensa argelina. EFE sk-jg/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG