Um soldado americano morreu e cinco ficaram feridos, vítimas da explosão de várias bombas de fabricação caseira ao norte de Bagdá, anunciou um comunicado do exército dos Estados Unidos.

O ataque aconteceu na província de Diyala (leste), feudo da célula iraquiana da Al-Qaeda, onde operações em massa das forças americanas e iraquianas não conseguiram erradicar os ataques dos insurgentes.

Seu falecimento eleva a 4.102 o número de mortes americanas desde a invasão do Iraque em março de 2003, segundo uma contagem elaborada pela AFP a partir do site independente icasualties.org.

jds/hj/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.