Soldado americano morre após explosão de granada no Iraque

Bagdá, 29 mai (EFE).- Um soldado americano morreu hoje em consequência da explosão de uma granada junto ao veículo onde viajava, ao norte de Bagdá, segundo um comunicado do comando militar americano.

EFE |

A nota se limita a informar que o incidente ocorreu quando o soldado, cuja identidade não foi informada, estava de patrulha na província de Ninawa.

Além disso, uma fonte da Polícia da província de Diyala, ao nordeste de Bagdá, disse à Agência Efe que duas crianças morreram hoje, e o pai delas e um dos tios ficaram feridos, devido à explosão de uma bomba na passagem de seu veículo na aldeia de Tiba, 110 quilômetros ao norte de Baquba, capital de Diyala.

Hoje, pelo menos outras seis pessoas morreram e 27 ficaram feridas em três explosões ocorridas na província de Diyala.

Cinco das vítimas morreram em um atentado contra um microônibus na localidade de Khales, situada 25 quilômetros ao norte de Baquba.

A explosão da bomba, que estava dentro do veículo público, deixou 12 feridos, entre eles dois menores de idade.

Na cidade de Mandali, 90 quilômetros ao nordeste de Baquba, a explosão de uma bomba caseira em uma das ruas da localidade deixou um morto e quatro feridos.

am-jfu/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG