Soldado americano mata cinco colegas em base de Bagdá

BAGDÁ - Um soldado americano abriu fogo e matou cinco colegas nesta segunda-feira em uma base militar de Bagdá, no Iraque, anunciou um funcionário do Departamento de Defesa.

Redação com agências internacionais |

O tiroteio aconteceu às 8h (horário de Brasília), na base militar de Camp Liberty, segundo comunicado divulgado pelo Exército americano. O soldado está sob custódia. 

O comunicado não deu detalhes sobre o caso e não informou o que poderia ter levado o soldado a atirar nos colegas. Dois outros homens ficaram feridos no incidente, que será investigado por autoridades militares.

O presidente dos EUA, Barack Obama, disse ter ficado chocado com a notícia e pediu uma investigação completa sobre o incidente.

"Claro que ele ficou triste em ouvir a notícia esta manhã", disse o porta-voz da Casa Branca, Robert Gibbs, durante coletiva de imprensa. "Ele ficou chocado e irá pressionar para que se saiba completamente o que aconteceu".

A base de Camp Liberty fica a cerca de 10 km do centro de Bagdá, perto do aeroporto internacional. Esta é a maior base militar americana no Iraque.

(Com informações da Reuters e da AFP)

Leia mais sobre Iraque

    Leia tudo sobre: iraque

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG