Soldado americano é acusado de matar dois colegas no Iraque

Militar é suspeito de matar, durante tiroteio, dois soldados e de ferir gravemente um terceiro

France Presse |

Um soldado americano foi acusado formalmente de homicídio e de tentativa de homicídio premeditado por ter matado dois colegas e ferido um terceiro na região oeste do Iraque, informa um comunicado do Exército dos Estados Unidos.

"O soldado Neftali Platero, 32 anos, foi acusado por homicídios e tentativa de homicídio com premeditação. Após audiências, será decidido se terá que comparecer a uma corte marcial", afirma a nota militar.

Platero foi acusado de ter matado durante um tiroteio, em 23 de setembro em Fallujah, 50 km ao oeste de Bagdá, dois soldados e de ter ferido gravemente um terceiro. O Exército americano não revelou as motivações do ato. Neftali Platero está detido no Kuwait.

O Exército americano tem atualmente menos de 50.000 homens no Iraque, contra 170.000 no período de maior violência em 2007. A retirada completa está prevista para o fim de 2011.

    Leia tudo sobre: iraqueexército

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG