Cabul, 20 ago (EFE).- Um soldado americano das tropas da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) mobilizadas no Afeganistão morreu hoje em um ataque com bombas no leste do país, coincidindo com as eleições presidenciais no país, informou o comando militar da Aliança Atlântica.

Em um breve comunicado, que não precisa a província onde ocorreu o ataque, a Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf), sob comando da Otan, confirmou que o militar era dos EUA.

"Sua contribuição para melhorar as condições do povo afegão foi significativa e nunca esqueceremos seu sacrifício", disse um porta-voz da organização militar, o general-de-brigada Eric Tremblay.

O ataque coincide com a realização das segundas eleições presidenciais no Afeganistão após a invasão dos EUA e a queda do regime talibã, em 2001.

Durante a votação, pelo menos dois homens armados morreram em um tiroteio com as forças de segurança em um bairro de Cabul, e ocorreram vários ataques com mísseis e outros artefatos explosivos em vários pontos do país. EFE lo-mb/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.