Soldado afegão mata 2 militares norte-americanos, diz Exército

CABUL (Reuters) - Um soldado do Exército afegão matou dois militares norte-americanos e feriu um terceiro antes de se matar no nordeste do Afeganistão nesta sexta-feira, informou o Exército dos Estados Unidos. O soldado afegão atirou nos soldados dos EUA, matando um e ferindo outros dois, sendo que um deles morreu mais tarde, disse o Exército em nota.

Reuters |

"Um membro da coalizão foi morto...outro morreu pelos ferimentos e um terceiro foi ferido por um soldado do Exército Nacional Afegão que teria atirado contra eles".

O incidente ocorreu às 14:20 no horário local (7:20 horário de Brasília), antes de o presidente dos EUA, Barack Obama, revelar os resultados da revisão estratégica feita pelo seu governo sobre o Afeganistão, que inclui o fortalecimento das forças nacionais de segurança afegãs.

O treinamento de policiais e soldados afegãos tem sido realizado pelas forças norte-americanas.

No comunicado dos EUA, o ministro da Defesa afegão, Abdul Rahim Wardak, disse que o incidente estava sendo investigado e uma "ação corretiva completa" seria tomada.

O Exército norte-americano não deu maiores detalhes. Incidentes similares ocorreram no passado no Afeganistão, onde cerca de 70.000 soldados estrangeiros lutam contra uma crescente insurgência do Taliban.

(Reportagem de Golnar Motevalli)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG