Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Soja piora qualidade do esperma, diz estudo de Harvard

Comer, ou beber, muitos alimentos à base de soja e que contenham isoflavonas pode prejudicar a qualidade do esperma, afirmou um estudo da Escola de Saúde Pública de Harvard.

AFP |

"Esse é o primeiro estudo que confirma, em humanos, a ligação (entre a soja e a debilidade do esperma) encontrada em animais", disse à AFP o pesquisador e principal autor do trabalho, Jorge Chavarro.

Muitos estudos já haviam mostrado a relação, em animais, entre o consumo de soja e a diminuição do número de espermatozóides, especialmente em ratos.

A soja contém isoflavonas, um composto orgânico que funciona como hormônios femininos vegetais e que faz oposição à produção de esperma.

"Os isoflavonas são, estruturalmente, similares ao estrogênio e podem imitar suas ações no corpo", explicou o pesquisador.

"Assim, a soja pode ter um comportamento similar ao estrogênio em muitos órgãos e tecidos, o que pode ser positivo em certos casos, mas certamente não para a produção de esperma. Pelo menos, foi o que demonstraram os estudos em animais", completou.

O estudo foi feito por três meses com cerca de 15 produtos à base de soja e com 99 homens.

A pesquisa revelou que aqueles que haviam se alimentado com soja contavam com 41 milhões de espermatozóides por mililitro a menos do que os que não haviam consumido.

vmt/tt/LR

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG