Socialistas são favoritos para legislativas em Portugal mas sem maioria

Os socialistas portugueses aparecem como favoritos a dois dias das eleições legislativas, com uma vantagem de oito pontos sobre a oposição de centro-direita, mas sem maioria absoluta.

AFP |

Segundo três pesquisas com resultados similares, publicadas no último dia da campanha eleitoral, o Partido Socialista (PS) do primeiro-ministro José Sócrates aparece com entre 38% e 38,8% das intenções de voto, contra 29,1% a 30% para o Partido Social Democrata (PSD).

O PS, que há duas semanas sobe nas pesquisas, não conseguiria no entanto uma nova maioria absoluta como a obtida na votação de fevereiro de 2005, quando o partido elegeu 121 dos 230 deputados, com 45% dos votos.

Segundo as projeções do Centro de Pesquisas da Universidade Católica, os socialistas podem aspirar no domingo a 100 deputados, contra 80 para o PSD.

O Bloco de Esquerda, coalizão de pequenos partidos de extrema esquerda, se consolida como a terceira força política do país, con entre 9,4% e 11% das intenções de voto, segundo as três pesquisas, realizadas pelos institutos Universidade Católica, Aximage e Intercampus.

alc/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG