escândalo político e legal acordo sobre Barroso - Mundo - iG" /

Socialistas qualificam de escândalo político e legal acordo sobre Barroso

Bruxelas, 19 jun (EFE).- O líder do grupo Socialista no Parlamento Europeu, Martin Schulz, qualificou hoje como um escândalo político, legal e institucional o acordo fechado pelo Conselho Europeu para acelerar a reeleição do presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso.

EFE |

"Meu grupo se opõe à pressa indecente com a qual o Conselho está tentando apressar a designação de Barroso e votará contra ele", disse Schulz em comunicado.

O líder socialista mostrou sua oposição ao respaldo político oferecido ontem à noite a Barroso pelos chefes de Estado e de Governo dos 27 países do bloco, que pretendem que após consultas informais com o Parlamento Europeu, os eurodeputados possam ratificar a nomeação no mês de julho.

Para Schulz é "totalmente inaceitável" que a decisão possa ser tomada sem "uma consulta completa e oficial" com o Parlamento, por isso que insistiu em que se a votação acontecer em julho, os socialistas se pronunciarão contra Barroso.

Além disso, denunciou que nomear o presidente da Comissão Europeia segundo o Tratado de Nice quando o de Lisboa pode ser ratificado em pouco tempo cria uma "desnecessária insegurança legal". EFE mvs/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG