Socialistas continuam a perder apoio na Espanha, revela pesquisa

Se houvesse eleição hoje o partido de centro-direita que hoje é oposição levaria vantagem

Reuters |

MADRI (Reuters) - O governista Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE) continua a perder terreno para o oposicionista Partido Popular (PP), de acordo com uma pesquisa publicada neste domingo e realizada depois de uma greve geral contra as medidas de austeridade do governo para reduzir o déficit orçamentário.

Se houvesse eleições hoje, o PP, de centro-direita, venceria com uma vantagem de 1,.5 pontos de diferença sobre o PSOE, segundo o levantamento realizado pela empresa Metroscopia na quinta-feira e publicado neste domingo pelo diário El Pais.

A pesquisa mostrou que 28,5% dos consultados apoiam os socialistas, resultado que representa uma queda em relação aos 32,9% por cento da sondagem anterior. Mas 43% disseram que votariam no PP, um aumento em relação aos 41,8% obtidos na sondagem anterior, mas não tão alto quanto o porcentual de apoio que o maior partido oposicionista obteve em julho: 43,3%.

Embora 65% dos consultados tenham dito que a greve foi um fracasso, 58% consideraram que prejudicou o primeiro-ministro, Luis Rodriguez Zapatero.

Zapatero prometeu manter o corte de gastos e uma reforma das leis trabalhistas, ambos sem apoio popular, de modo a facilitar as contratações e demissões por parte das empresas, apesar de milhões de trabalhadores terem feito uma greve geral de protesto na quarta-feira.

Ele diz que as medidas são necessárias para cortar drasticamente o déficit público, que saltou para mais de 11% do PIB em 2009, e para tornar a Espanha mais competitiva.

O mandato de Zapatero vai até 2012 e seu governo, que não tem maioria no Parlamento, fez um acordo com partidos menores para garantir a aprovação do duro orçamento de 2011, sem o risco de ter de antecipar eleições para este ano.

A pesquisa ouviu 500 adultos e teve margem de erro de 4,5 pontos.

    Leia tudo sobre: MUNDOESPANHAPESQUISASOCIALISTAS

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG