Social-democratas perdem espaço, mas ainda lideram na Dinamarca

Copenhague, 7 jun (EFE).- Os social-democratas devem vencer as eleições para o Parlamento Europeu na Dinamarca com 22,2% dos votos, apesar de perderem uma de suas cinco cadeiras na câmara, segundo uma pesquisa do canal público de televisão DR.

EFE |

O Partido Liberal, do primeiro-ministro dinamarquês, Lars Løkke Rasmussen, aparece em segundo lugar com 20,7% e mantém seus três eurodeputados, de acordo com o levantamento.

Tanto o Partido Socialista Popular, com 15,3% dos votos, quanto o ultradireitista Partido Popular Dinamarquês, com 15,1%, dobrariam sua percentagem de votos e assentos, ao conseguir dois cada um.

Devido à nova distribuição de cadeiras no Parlamento Europeu, os dinamarqueses elegem hoje 13 eurodeputados, um a menos do que em 2004. EFE alc/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG