Praga, 19 out (EFE).- O Partido Social-Democrata Tcheco (CSSD), liderado pelo ex-primeiro-ministro Jiri Paroubek, obteve uma grande vitória nas eleições regionais celebradas nas últimas sexta e sábado, alcançando a vitória em 13 distritos.

Segundo os resultados oficiais divulgados hoje pela comissão eleitoral, os social-democratas venceram nas 13 regiões do país centro-europeu, onde poderão ocupar a posição de governador, e desbancam do poder em 12 delas o conservador Partido Democrático Cidadão (ODS), liderado pelo primeiro-ministro Mirek Topolanek.

Até o momento, o partido governamental estava em 12 regiões e sua sócia da União Democrata-Cristã (KDU-CSL) em uma.

Em termos gerais, a opositora CSSD obteve 35,85% dos votos, a governante ODS 23,57% e o Partido Comunista de Boêmia e Morávia (KSCM) 15,03%.

Em declarações à agência tcheca CTK, Topolanek reconheceu a derrota e a justificou no preço que seu partido pagou por ser a principal força da coalizão de Governo.

No pleito regional de 2004, os conservadores, então na oposição, assumiram o triunfo em todos os distritos.

Os dois pequenos partidos que formam a equipe de Governo junto com o ODS ficaram também em uma situação negativa no pleito do fim de semana.

Desta forma, a União Democrata-Cristã (KDU-CSL) alcançou 6,65%, e perdeu seu único governador no país, e o Partido Verde (SZ) teve 3,15%.

A participação dos eleitores foi alta, pois chegou a 40%. EFE gm/fal

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.