Sociais-cristãos defendem coalizão com liberais na Alemanha

Berlim, 8 jan (EFE).- A União Social-Cristã (CSU), parte bávara da União Democrata-Cristã (CDU) da chanceler Angela Merkel, se mostrou a favor de formar uma coalizão com o Partido Liberal, após as eleições gerais do terceiro trimestre.

EFE |

A posição foi manifestada pelo chefe da CSU, Horst Seehofer, após uma reunião com a cúpula do partido, na qual definiram reduções de impostos como uma das bandeiras eleitorais.

A CSU é o primeiro partido que aposta oficialmente em uma coalizão concreta, após as eleições.

Embora Merkel também tenha manifestado o desejo de formar uma aliança com os liberais, ainda não há uma resolução do partido.

O Partido Liberal, por sua vez, pretende fazer a campanha sem se comprometer de antemão com um potencial parceiro de coalizão embora, por coincidências programáticas sua primeira opção seja uma aliança com a dupla CDU/CSU.

Os democratas-cristãos e sociais-cristãos governaram em coalizão com os liberais durante os 16 anos da era do ex-chanceler Helmut Kohl (1982-1998). EFE rz/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG