Sobrinho de Ted Kennedy não concorrerá à vaga deixada pelo tio

Washington, 7 set (EFE).- O ex-congressista Joseph Kennedy, sobrinho do senador Ted Kennedy, que morreu de câncer aos 77 anos no dia 25 de agosto, anunciou hoje que não concorrerá à cadeira deixada pelo tio no Senado americano.

EFE |

Em um comunicado à imprensa, Joseph Kennedy, de 56 anos, afirmou que, "após refletir muito", decidiu continuar como diretor da Citizens Energy, uma ONG que fundou há mais de 30 anos para promover fontes renováveis de energia e distribuir óleo de calefação a baixo custo aos pobres.

"Por tudo o que meu tio alcançou, seria natural que eu analisasse voltar à política, e agradeço todas as mensagens de apoio e amizade que recebi", disse Joseph.

Joseph Kennedy é o filho mais velho de Robert Kennedy, assassinado em 1968 quando era senador e disputava as eleições primárias do Partido Democrata para ser candidato à presidência dos Estados Unidos.

O sucessor de Ted Kennedy será eleito em pleito especial em janeiro de 2010, quando eleitores do estado de Massachusetts deverão escolher entre um democrata ou o republicano que vencer as eleições primárias de 8 de dezembro.

Até agora, apenas a democrata Martha Coakley anunciou oficialmente sua candidatura. EFE cma/id/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG