Sobrinho de Jennifer Hudson segue desaparecido

Julia Hudson, irmã da atriz americana Jennifer Hudson, pediu neste domingo aos eventuais sequestradores de seu filho, desaparecido há 48 horas, que soltem o seu bebê.

AFP |

"Devolvam-me o meu bebê. Isto é tudo que peço. Sei que estão com ele (...) Deixem-no partir", disse Julia ao lado do pai do menino, Greg King.

O pequeno Julian King, de sete anos, desapareceu na sexta-feira, após o assassinato da avó e do tio na casa da mãe de Jennifer Hudson, no bairro de Englewood em Chicago.

Os corpos de Darnell Donnerson, de 57, e de seu filho, Jason Hudson, de 29, foram encontrados sem vida na casa em Donnerson, com vários impactos de bala.

A polícia de Chicago lançou uma ampla operação para encontrar o menino, que inclui agentes federais e alertas para os Estados vizinhos.

Jennifer Hudson, que veio da Flórida na noite de sexta-feira, identificou os corpos da mãe e do irmão.

"Seguimos em estado de choque. É difícil. Estamos juntas. Só podemos rezar", disse Julia.

O marido de Julia, do qual está separada, foi interrogado pela polícia. O homem, que foi padrasto de Julian King, já cumpriu pena por tentativa de homicídio, roubo de carro e posse de veículo roubado, segundo o departamento correcional de Illinois.

Jennifer Hudson, 26 anos, saltou para a fama no show de talentos American Idol e conquistou o Oscar de melhor atriz coadjuvante por "Dreamgirls, em busca de um sonho".

A atriz, que estava em Tampa, Flórida, viajou imediatamente para Chicago após saber da tragédia.

mk/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG