Sobreviventes de tufão pressionam presidente de Taiwan

O presidente taiwanês, Ma Ying-jeou, foi muito pressionado por dezenas de sobreviventes do tufão Morakot durante uma visita ao sudeste do território nesta quinta-feira, onde o balanço de vítimas subiu a 108 mortos.

AFP |

Dezenas de pessoas cercaram o presidente no condado de Tainan, onde pelo menos 23 pessoas morreram nas inundações provocadas pela passagem do tufão Morakot.

"O que o governo faz? É muito tarde, não podem ser salvos", afirmou um homem irritado.

O Morakot, que atravessou Taiwan durante o fim de semana, antes de atingir a China, provocou as mais graves inundações nos últimos 50 anos na ilha. Vilarejos inteiros foram cobertos pelas águas. Muitas estradas foram cortadas e várias pontes desabaram, isolando várias localidades.

O balanço da passagem do tufão por Taiwan subiu para 108 mortos, 62 desaparecidos e 45 feridos.

aw/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG