Sobreviventes de tremor esperam por ajuda no Paquistão

Milhares de pessoas afetadas pelo terremoto que atingiu a província do Balusquistão, no sudoeste do Paquistão, na quarta-feira, passaram a noite desabrigadas em temperaturas abaixo de zero. Com temperaturas de - 5º C, muitos passaram a noite ao redor de fogueiras improvisadas.

BBC Brasil |


Moradores da região de Ziarat olham o estrago causado pelo terremoto / Reuters

Muitas pessoas disseram à BBC que tiveram pouca ajuda do governo e que suprimentos, incluindo tendas e cobertores, levados por helicóptero à região remota e montanhosa, na verdade não avançaram muito além das estradas principais e não chegaram aos que mais precisam.

Reportagens da TV local também mostraram uma situação semelhante, com reclamações de que os mais afetados ainda não receberam ajuda.

Pelo menos 215 pessoas morreram no terremoto de 6,4 graus da escala Ritcher. O prefeito do distrito mais afetado, Ziarat, disse temer que o número de vítimas fatais pode chegar a 200.

Segundo o correspondente da BBC em Islamabad Charles Haviland, tremores secundários continuaram durante a noite e muitos moradores tiveram dificuldades para dormir.

Em alguns vilarejos, as pessoas continuam a procurar por amigos e familiares entre os escombros, mas equipes de resgate afirmam que há pouca esperança de encontrar sobreviventes.

Agências de ajuda humanitária paquistanesas e internacionais dizem que estão tentando levar suprimentos aos sobreviventes. A Índia e os Estados Unidos também ofereceram ajuda.

Os tremores foram sentidos a 70 km da cidade de Quetta, capital da província, às 04h09 (horário local) da quarta-feira.

O epicentro foi registrado a uma profundidade de 10 km, de acordo com o centro americano de monitoramento geológico US Geological Survey.

Muitas casas foram destruídas pelo terremoto e outras sofreram danos por causa dos deslizamentos de terra que se seguiram ao tremor.

A cidade de Quetta foi completamente destruída em um grande terremoto em 1935, que deixou cerca de 30 mil mortos.

Outros 73 mil morreram em um terremoto no Paquistão em outubro de 2005.

Leia mais sobre: terremoto

    Leia tudo sobre: terremoto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG