Sobrevivente do acidente de avião em Comores não sabe da morte da mãe

Paris, 1 jul (EFE).- O pai da única sobrevivente do acidente do avião da companhia Yemenia Airway em Comores disse hoje que sua filha, Bahia Bakaria, não sabe da morte da mãe, quem a acompanhava no voo que se acidentou.

EFE |

"Tenho vontade de vê-la, porque imagino que, neste momento, está muito sozinha", disse o pai, Kassim Bakari, em entrevista à emissora de rádio francesa "RTL", na qual explicou que, quando falou com ela por telefone, a jovem apenas perguntava onde estava a mãe.

"Disse-lhe que sua mãe estava junto a ela, em outro quarto", afirmou Bakari, que argumenta que não revelou a verdade para "não traumatizar" mais a filha, de apenas 14 anos.

"Eu não posso dizer isso", repetiu o pai da sobrevivente, que também não sabe como contar o ocorrido a seus filhos menores, de 10, 8 e 3 anos, que não estavam no avião acidentado.

Sobre o estado de saúde da adolescente, o pai adiantou que, no hospital onde está internada em Moroni, informaram que "tinha algumas queimaduras, mas não graves", e que devia continuar em observação.

"É uma menina muito tímida, nunca teria pensado que fosse sair disso. Não posso dizer que é um milagre, mas é o bom Deus quem quis", acrescentou o pai de Bahia. EFE inmg/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG