Sobrevivente de naufrágio é resgatada nas Filipinas depois de 30 horas

Manila, 7 set (EFE).- Uma mulher foi resgatada hoje com vida em águas do sul do arquipélago das Filipinas, após permanecer à deriva durante 30 horas, desde o naufrágio de uma embarcação, que causou pelo menos nove mortes.

EFE |

Um helicóptero militar filipino localizou a mulher, de 39 anos e identificada como Lita Casunglon, a 15 quilômetros do local onde a embarcação "Superferry 9" afundou no domingo, próximo ao litoral da província de Zamboanga do Norte.

"Seu estado é estável, foi avistada quando flutuava com um colete salva-vidas", disse o chefe do comando marítima da região meridional, almirante Alexander Pama.

As autoridades recuperaram 958 pessoas e buscam a única que continua desaparecida após o naufrágio da embarcação, que cobria a rota entre General Santos e Iloilo, na ilha de Panay, a cerca de 500 quilômetros ao sudeste de Manila.

O "SuperFerry 9", transportava 968 pessoas - 847 passageiros, 117 tripulantes e 4 agentes de segurança -, número que não alcançava sua capacidade, de 1.120 pessoas. EFE mfr/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG