Gustav no Haiti - Mundo - iG" /

Sobem para 79 os mortos pelo furacão Gustav no Haiti

Porto Príncipe, 2 set (EFE).- Setenta e nove pessoas morreram, sete desapareceram e 35 ficaram feridas em conseqüência da passagem do furacão Gustav pelo Haiti, informaram as autoridades.

EFE |

A Defesa Civil do país disse ainda que 15.134 famílias estão desabrigadas e 6.790 pessoas estão em albergues provisórios. Além disso, 3.307 casas foram destruídas e 11.827 sofreram danos em sua estrutura.

Segundo este novo balanço, 19 regiões de seis dos dez departamentos do Haiti foram diretamente atingidos pelo "Gustav".

A região sudeste do país, onde as intensas chuvas e as inundações deixaram 30 mortos, foi a mais prejudicada.

Já no oeste do Haiti, 22 pessoas morreram, enquanto em Grand Goave (sul), as chuvas arrastaram uma casa com quatro pessoas dentro, explicou a Defesa Civil.

Em Miragoane (Nippes, sul), a casa de um casal de idosos com 87 e 95 anos também foi arrastada pelas enchentes.

Em La Vallee (sudeste), onde houve um morto, uma escola e uma igreja foram totalmente destruídas pelas chuvas.

Por sua vez, nas ilhas Cayimites (sudoeste), várias regiões foram inundadas pelo aumento do nível do mar.

Apesar da mobilização do Governo haitiano, que tenta ajudar a população com o apoio de organizações internacionais, a situação se agravou no país com a passagem, nas últimas horas, do furacão "Hanna", que matou 11 pessoas. EFE gp/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG