Sobem para 17 os mortos em tiroteio na Alemanha

Berlim, 11 mar (EFE).- Após a morte de um estudante ferido, subiram para 17 os mortos no massacre praticado por um jovem de 17 anos em sua ex-escola na cidade de Winnenden, no sul da Alemanha.

EFE |

A matança começou por volta das 9h30 (5h30 de Brasília), quando o adolescente, identificado como Tim Kretschmer pelo jornal "Bild", invadiu o colégio mascarado e vestido com um uniforme de combate preto, abrindo fogo indiscriminada e sucessivamente em diversas salas de aula.

Após matar outra pessoa na saída, o atirador fugiu por 40 quilômetros, até um supermercado na cidade vizinha de Wendlinger, onde foi encurralado pela Polícia.

Para fugir, ele sequestrou um motorista e obrigou-o a levá-lo de carro até parte do caminho, liberando-o em seguida e continuando sozinho sua fuga, que causou uma perseguição com centenas de policiais e uso, inclusive, de helicópteros.

A perseguição terminou em Wendlinger, onde o atirador e mais duas pessoas foram mortas num último tiroteio EFE gc/jp/c

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG