Pelo menos 23 pessoas morreram e 20 ficaram feridas nesta sexta-feira no sul de Bagdá, quando um camicaze fez explodir o cinturão de explosivos que levava, durante um conselho tribal, informou à AFP o porta-voz das operações de segurança na capital iraquiana, Qassem Atta.

Todos os mortos fazem parte da mesma tribo sunita, precisou o porta-voz.

O fato aconteceu às 14H00, hora local (11H00 GMT), em Youssoufiyah, uma aldeia situada a 25 km ao sul da capital iraquiana.

O atentado tinha como alvo um encontro de chefes de tribos sunitas. Informações precedentes falavam de um conselho de "Sahwa" - os antigos rebeldes de maioria sunita comprometidos na luta contra a Al-Qaeda.

ak-mba/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.