Sobe para 905 o número de casos confirmados da gripe na Venezuela

Caracas, 1 set (EFE).- Os casos confirmados da nova gripe na Venezuela subiram para 905 e há outros 75 suspeitos que estão sendo investigados para determinar se é o vírus A (H1N1), informou hoje o ministro da Saúde venezuelano, Carlos Rotondaro.

EFE |

Do total de infectados, 546 pessoas se recuperaram de forma "satisfatória" e receberam "alta epidemiológica", ressaltou Rotondaro, informou a estatal "Rádio Nacional da Venezuela".

O ministro reiterou sua chamada à população para que esteja atenta aos sintomas da doença e vão imediatamente ao centro de saúde para receber o atendimento médico necessário.

"Logo que sentir os sintomas, o paciente não deve deixar passar os dias, mas ir imediatamente para que receba atendimento, sobretudo se a pessoa tem uma doença crônica", recomendou Rotondaro.

Em 25 de agosto, as autoridades venezuelanas disseram que, até essa data, tinham sido confirmadas 19 mortes de pessoas infectadas com a nova gripe, sem informação sobre novas mortes.

As autoridades de saúde ressaltaram que, em geral, as vítimas levaram em média 12 dias para ir ao médico, o que teria complicado seus quadros de saúde. EFE gf/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG