Sobe para 86 número de mortes por enchentes no norte do Vietnã

Hanói, 10 ago (EFE).- As autoridades do Vietnã elevaram hoje para 86 o número de mortos por causa das enchentes e dos deslizamentos de terra registrados na região norte do país, com 35 pessoas ainda desaparecidas.

EFE |

As chuvas, que começaram a perder intensidade, foram provocadas pela tempestade tropical "Kammuri", que cegou ao Vietnã nesta sexta-feira e provocou danos nas províncias de Lao Cai, Yen Bai, Quang Ninh, Phu Tho, Hay Giang e Bac Kan.

Lao Cai, cerca de 300 quilômetros a noroeste de Hanói, foi a província mais assolada, com 32 pessoas mortas e 31 desaparecidos, disse o diretor do departamento regional para inundações e tempestades, Thao A Tua.

"As chuvas perderam intensidade e nos voltamos agora para a busca dos desaparecidos e para a ajuda daqueles cujos lares foram destruídos pelas águas", afirmou Tua, que acrescentou que "os militares e as forças policiais também foram mobilizados para as operações de resgate".

O departamento regional para inundações e tempestades de Yen Bai, província vizinha à Lao Cai, informou que o número de mortes locais chegou a 29, enquanto quatro pessoas seguem desaparecidas.

Em outras províncias, o número de mortos se situou em 11, segundo dados oficiais.

"As chuvas começaram a diminuir, mas a situação é ainda perigosa, já que os níveis da água nos rios locais atingiram seus máximos", disse à Agência Efe Bui Minh Tang, diretor do Centro Meteorológico Nacional.

O primeiro-ministro vietnamita, Nguyen Tan Dung, pediu, em mensagem encaminhada às autoridades provinciais, que mantenham a vigilância e realizem com prontidão operações de busca pelos desaparecidos.

Dung ordenou ao Ministério da Defesa e ao Comitê Nacional de Busca e Resgate que enviar equipes às áreas atingidas pelas enchentes. EFE mat/fr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG