Nargis em Mianmar - Mundo - iG" /

Sobe para 84.537 o número de mortos pelo ciclone Nargis em Mianmar

Bangcoc - As autoridades de Mianmar (antiga Birmânia) aumentaram hoje para 84. 537 o número de mortos causado pelo ciclone Nargis, que atravessou o sul do país entre os dias 2 e 3 de maio.

EFE |

Além disso, as autoridades birmanesas confirmaram que 53.836 pessoas continuam desaparecidas.

Especialistas da ONU e da Associação de Nações do Sudeste Asiático (Asean) e membros do regime militar birmanês vão se reunir hoje em Yangun, a antiga capital e a maior cidade do país, para discutir a assistência aos 2,4 milhões de desabrigados pelo furacão.

Cerca de 250 especialistas da Asean, do Banco Mundial (BM) e do Banco Asiático de Desenvolvimento (BAD) visitaram a região de Yangun e o delta do Irrawaddy, as zonas mais devastadas pelo "Nargis", entre os dias 9 e 11 de junho com o objetivo de elaborar um relatório que servirá de base nos debates de hoje.

"O resultado da missão permitirá atualizar a solicitação de fundos de modo que possamos pedir mais financiamento aos doadores. O mais importante é extrair deste trabalho uma idéia clara da situação", manifestou o porta-voz do Escritório da ONU em Mianmar, Laksmita Noviera.

As Nações Unidas dizem que até o momento só receberam 45% dos US$ 69,7 milhões que solicitaram para ajudar as vítimas.

A Junta Militar birmanesa calculou em maio que a reconstrução das áreas devastadas pelo "Nargis" custará cerca de US$ 11 bilhões.

Leia mais sobre: Mianmar

    Leia tudo sobre: ciclonemianmar

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG