Sobe para 8 o número de casos de gripe A no Haiti; não há mortos

Porto Príncipe, 10 set (EFE).- O número de casos de gripe A diagnosticados durante os três últimos meses no Haiti chega a oito, sem vítimas fatais, informaram hoje as autoridades de Saúde locais.

EFE |

O ministério da Saúde do Haiti anunciou que trabalha junto ao de Educação Nacional em um novo plano para combater a gripe A, enquanto as escolas retomam esta semana suas atividades com normalidade.

O diretor-geral do ministério da Saúde haitiano, Gabriel Timothée, declarou que as autoridades pediram aos diretores de escolas que se preparem para fechar qualquer centro educativo onde haja um caso de gripe A.

Da mesma forma, pediu aos pais para que não enviem ao colégio nenhuma criança que esteja sofrendo de qualquer tipo de gripe.

"Se a gripe A cai em uma escola, vai provocar mais danos que em uma população maior", advertiu o diretor-geral.

Os três primeiros casos de gripe A no país caribenho foram divulgados em julho e correspondem a dois soldados chilenos da Missão das Nações Unidas para a Estabilização do Haiti (Minustah) e a um haitiano de 23 anos. EFE gp/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG