Sobe para 78 número de mortos em duplo atentado contra fábrica no Paquistão

Islamabad - O número de mortos no duplo atentado suicida perpetrado ontem no Paquistão contra a principal fábrica de armas do país chegou nesta sexta-feira a 78.

EFE |

A informação foi dada pelo chefe policial Rao Muhamad Iqbal à agência estatal de notícias "APP".

O oficial disse ainda que 103 pessoas ficaram feridas no ataque, que levou à detenção de pelo menos 13 suspeitos.

O Ministério do Interior paquistanês informou hoje que foram três e não dois os terroristas suicidas que acionaram explosivos em duas das portas de acesso ao polígono industrial do quartel de Wah, perto da cidade de Taxila, a cerca de 30 quilômetros de Islamabad.

Fontes oficiais acrescentaram que as forças de segurança detiveram um quarto terrorista antes que este acionasse sua carga de explosivos.

A administração do polígono industrial anunciou que serão respeitados três dias de luto em lembrança das vítimas, que eram em sua maioria trabalhadores civis que fabricavam munição e armamento.

As unidades de produção e as instituições educacionais do quartel de Wah ficarão fechadas durante os três dias de luto.

Talibãs paquistaneses reivindicaram ontem a autoria do atentado, o mais sangrento registrado no país este ano.

Leia mais sobre: Paquistão

    Leia tudo sobre: paquistão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG