Sobe para 7 número de mortos em queda de avião no Peru

(atualiza com novo número de mortos). Lima, 25 fev (EFE).- A queda de um pequeno avião hoje perto das linhas de Nazca, no Peru, matou três chilenos e quatro peruanos, entre eles uma menina.

EFE |

Os chilenos foram identificados como Matías Poblete, Gabriela Ortega Poblete e Alejandra Cienfuegos, segundo a imprensa local.

Os peruanos mortos no acidente são o piloto Sameli Chávarri e os passageiros Erika del Pilar Zúñiga, John Rojas Rodríguez e a menor D.R.Z., filha de Erika e John.

Apesar de as condições meteorológicas estarem boas no momento do ocorrido, o avião, um Cessna U206F, caiu durante uma manobra para visualização do ponto turístico, informaram à Agência Efe funcionários da torre de controle do aeroporto de Pisco.

Enquanto as autoridades peruanas tentam esclarecer o acidente, os bombeiros aguardam autorização para chegar à zona do desastre, relatou um socorrista à rádio peruana "RPP".

Na região de Ica, no litoral sul do Peru, estão as famosas linhas de Nazca, que só podem ser observadas do alto devido a seu tamanho.

O percurso aéreo sobre a área é feito apenas por pequenas empresas de aviação, que nos últimos meses fizeram várias aterrissagens forçadas em estradas.

Muitos dos aviões que fazem esse percurso têm problemas em seus indicadores e frequentemente operam sem ter ideia de quanto combustível carregam em seus tanques.

Os voos formais a partir do aeroporto de Pisco custam US$ 170 por pessoa. Já um voo turístico informal saindo do aeroporto de Nazca sai por US$ 75. EFE wat/rr-bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG