Sobe para 633 o número de casos da gripe na Venezuela

Caracas, 18 ago (EFE).- Os casos da nova gripe na Venezuela subiram para 633, dos quais 473 estão completamente recuperados, informou hoje o ministro da Saúde venezuelano, Carlos Rotondaro.

EFE |

Em declarações à imprensa, o ministro citou dados do mais recente relatório epidemiológico, segundo o qual o Instituto Nacional de Higiene (INH) confirmou 633 casos de contágio de 28 de abril, quando foi registrado o primeiro caso no país, até segunda-feira passada.

Desse total de infectados, 473 estão "completamente recuperados", disse o chefe da pasta, informou a estatal "Agência Bolivariana de Notícias" ("ABN").

Rotondaro disse também que o Governo venezuelano conta com "suficientes remédios e pessoal capacitado" para atender as pessoas com o vírus A (H1N1).

Também anunciou a reativação de uma linha telefônica "para garantir atendimento, informação e orientação a pessoas que representarem casos suspeitos", Em 9 de agosto, Rotondaro disse que as autoridades de saúde venezuelanas estavam averiguando se 12 mortes tinham relação com o vírus, segundo informou a imprensa local.

O primeiro caso de contágio com o vírus A (H1N1) na Venezuela foi detectado em 28 abril, em um jovem de 22 anos que tinha viajado ao Panamá. EFE gf/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG