Sobe para 6 número de casos da gripe em Israel

Jerusalém, 7 mai (EFE).- O número de casos da gripe suína em Israel subiu hoje para seis, com a confirmação de um novo contagiado por parte das autoridades sanitárias.

EFE |

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados.

Uma mulher de 27 anos que foi internada junto com seu parceiro na semana passada no centro Médico Aviv Sourasky, em Tel Aviv, mas que tinha sido enviada de volta para casa com ordens de permanecer isolada, foi o último caso positivo da gripe suína no país.

"Por enquanto não há mais casos suspeitos", disse à Agência Efe o médico Ram Belitzer, assessor do Ministério da Saúde, que acrescentou que "mesmo assim não descartamos que possa acontecer um aumento repentino do número de doentes nas próximas semanas, assim como ocorreu nos Estados Unidos".

"Estamos muito preparados: adquirimos grandes quantidades de Tamiflu e estamos adotando um novo plano para hospitais, laboratórios e comunidades com o objetivo de prevenir a epidemia", acrescentou.

Segundo os últimos dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), 1.893 pessoas em 23 países foram infectadas pela gripe suína. EFE aca/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG