Sobe para 51 número de mortos em atentado suicida contra mesquita

Jovem detonou carga explosiva que trazia presa ao corpo durante culto islâmico, perto da fronteira entre Afeganistão e Paquistão

EFE |

Pelo menos 51 pessoas morreram e 115 ficaram feridas no atentado suicida registrado nesta sexta-feira em uma mesquita localizada em uma região tribal paquistanesa , informou neste sábado à Agência Efe uma fonte oficial.

O número de vítimas pode aumentar ainda mais, já que entre os feridos há 25 em estado grave, segundo uma fonte oficial da região tribal de Khyber, onde ocorreu o ataque, perpetrado em pleno mês sagrado do Ramadã.

Nesta sexta-feira, um adolescente de 16 anos detonou uma carga explosiva que trazia presa ao corpo durante um culto islâmico realizado no templo, situado na região de Jamrud, perto da fronteira com o Afeganistão.

Muitos dos feridos foram levados à vizinha cidade de Peshawar, capital da província noroeste de Khyber-Pakhtunkhwa. Em Khyber fica a principal passagem terrestre entre o Paquistão e o Afeganistão, caminho prioritário da maior parte das provisões para as forças internacionais presentes no país vizinho.

O movimento talibã não reivindicou o atentado, mas fontes locais citadas pela imprensa paquistanesa apontam que poderia ser uma retaliação dos fundamentalistas contra as tribos da região, que resistem ao seu domínio.

* Com EFE

    Leia tudo sobre: PAQUISTÃO ATENTADO

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG