Sobe para 49 o número de feridos em terremoto na Indonésia

JACARTA - Pelo menos 49 pessoas ficaram feridas e 700 casas sofreram danos por causa do terremoto de 7,5 graus na escala Richter que atingiu hoje a ilha Célebes, no nordeste da Indonésia, informou o jornal Jakarta Globe.

EFE |

Dez feridos se encontram em estado grave, afirmou o Ministério da Saúde.

Cerca de 300 das 700 casas danificadas sofreram grande destruição, segundo as estimativas governamentais.

Os reflexos do terremoto continuam na região e amedrontam os moradores, especialmente devido à possibilidade de que um dos tremores forme um tsunami.

Durante toda a noite e a manhã de hoje, houve cerca de 20 réplicas de média magnitude, entre 5 e 6,3 graus.

Forte terremoto

O terremoto de 7,5 graus ocorreu às 1h34 (15h34 de Brasília da quarta-feira) e seu epicentro ficou 327 quilômetros ao nor-nordeste da cidade de Manado (Célebes) e 323 quilômetros ao su-sueste da localidade filipina de General Santos.

As localidades mais próximas se encontravam a nove quilômetros do epicentro e cerca de 100 mil pessoas vivem em um raio mais amplo de 50 quilômetros, segundo o sistema alerta e coordenação frente a desastres da União Europeia.

Em um primeiro momento, a Indonésia alertou sobre a possibilidade de um tsunami, mas suspendeu o alarme pouco depois.

Região de tremores

Desde novembro do ano passado, a área ao norte da ilha Célebes foi atingida por uma série de terremotos de média e alta intensidade.

O terremoto maior aconteceu em 18 de novembro, de 7,5 graus Richter, e deixou seis mortos, 160 feridos, 1,2 mil casas destruídas, outras 500 com imperfeições e sérios danos em infraestruturas de comunicação e transporte.

A Indonésia fica sobre o Anel de Fogo do Pacífico, uma zona de grande atividade sísmica e vulcânica que é atingida por cerca de 7 mil terremotos por ano, a maioria de pouca magnitude.

Em 26 de dezembro de 2004, um terremoto sacudiu a ilha de Sumatra e originou um tsunami que espalhou destruição em nações banhadas pelo Oceano Índico e causou a morte de mais de 226 mil pessoas.

Leia mais sobre terremoto

    Leia tudo sobre: terremoto

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG