Já são 44 as crianças mortas no incêndio em uma creche de Hermosillo (noroeste), México, depois do falecimento de mais uma vítima na madrugada desta segunda-feira, informou o Procurador de Justiça, Abel Murrieta.

O governador do estado de Sonora, Eduardo Bours, informou que os primeiros elementos das investigações mostram que os funcionários da creche perceberam o incêndio quando as chamas já eram praticamente incontroláveis.

"O teto desabou na totalidade, quase de uma vez, não houve aviso. A fumaça estava acima do telhado, não perceberam", disse Bours.

lp-sem/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.