Sobe para 42 o número de mortos em acidente de trem no Egito

CAIRO (Reuters) - O número de mortos em um acidente de trem no norte do Egito subiu para 42 na quinta-feira, um dia depois do maior desastre ferroviário do país em quase dois anos, informou a agência de notícias estatal Mena. Quarenta pessoas ficaram feridas na quarta-feira, quando um trem foi empurrado sobre veículos por um ônibus e um carro que aguardavam a passagem do trem, mas foram atingidos por um caminhão.

Reuters |

'O número de mortos no acidente de Marsa Mathrouh subiu para 42 na manhã de quinta-feira', informou a Mena. Na quarta-fera, eram 40 mortos.

A Mena disse que sete dos mortos eram líbios. Dezenove ainda não foram identificados.

As autoridades egípicias designaram uma equipe de especialistas para investigar as causas do acidente, acrescentou a agência.

Motoristas imprudentes, leis de trânsito muito brandas e estradas em más condições são fatores responsáveis por muitos acidentes nas estradas egípcias. O número de acidentes nos últimos anos fez com que a população pressionasse o governo a cuidar melhor da segurança das estradas e dos sistemas de transporte.

Há dois anos, um acidente de trem matou 58 pessoas e feriu várias outras na cidade de Qalyoub, norte de Cairo, no delta do Nilo.

Leia mais sobre: acidentes

(por Aziz El-Kaissouni)

    Leia tudo sobre: egito

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG