Sobe para 41 número de mortos em acidente em mina na China

Pequim, 29 set (EFE).- A descoberta nas últimas horas de 12 novos corpos elevou para 41 o número de vítimas fatais no desmoronamento ocorrido em agosto passado em uma mina da província chinesa de Shanxi, informou hoje a agência oficial Xinhua.

EFE |

O desabamento, que ocorreu em 1º de agosto, causou o deslizamento de um depósito de sedimentos de uma mina de ferro na localidade de Sigou, próxima a Taiyuan, capital da província.

Calcula-se que outras quatro pessoas sigam desaparecidas, embora o número exato de mineiros presos ainda seja desconhecido, pois muitos dos trabalhadores eram imigrantes e não estavam registrados nos escritórios provinciais.

O governador de Shanxi, Wang Jun, visitou a área neste domingo e pediu que as autoridades investiguem o número exato de desaparecidos e aumentem as medidas de segurança no setor.

O Governo indenizará as 45 famílias das vítimas com US$ 1,44 milhão e com aproximadamente US$ 637 mil para outros proprietários afetados pela catástrofe.

O ex-governador de Shanxi Meng Xuenong renunciou no último dia 15 devido a outro caso de desmoronamento em uma mina que matou 267 pessoas, em um dos piores acidentes do setor nas últimas décadas.

O setor mineiro chinês é o mais perigoso do mundo e deixou 3.786 mortos em 2007, segundo números oficiais. EFE jt/fh/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG