Rio de Janeiro, 28 mai (EFE).- Pelo menos quatro pessoas morreram hoje no rompimento de uma represa em Cocal da Estação, no Piauí, onde várias pessoas estão desaparecidas, informaram hoje fontes oficiais.

Segundo a Defesa Civil estadual, dois idosos e dois adolescentes morreram ao serem arrastados pela água liberada com a destruição de uma barragem.

O número de desaparecidos é "impreciso" e só será calculado após uma reunião da Defesa Civil com a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros, que já resgataram dezenas de vítimas dadas como desaparecidas num primeiro momento.

A enorme quantidade de água que vazou após o rompimento da represa local destruiu cerca de 500 casas e vários quilômetros de plantações. Centenas de animais, principalmente cabras, porcos e vacas, também morreram com o algamento da cidade.

"Foi um verdadeiro tsunami", afirmou o governador do Piauí, Wellington Dias, após sobrevoar na manhã de hoje as áreas afetadas.

A ruptura da represa foi provocada pelas fortes chuvas que caem nas regiões norte e nordeste do Brasil há cerca de um mês. EFE cm/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.