Sobe para 4 o número de casos da gripe na China

(Atualiza com inclusão de novo caso confirmado em Hong Kong) Pequim, 13 mai (EFE).- As autoridades chinesas confirmaram hoje dois novos casos de gripe suína no país, um na parte continental e outro na Região Administrativa Especial de Hong Kong, elevando o número total de casos para quatro.

EFE |

Os novos casos são o de um estudante universitário chinês procedente de Toronto, no Canadá, e que agora se encontra na cidade de Jinan e o de um homem, cuja nacionalidade e nome ainda não foram divulgados, que viajou dos Estados Unidos para Hong Kong.

O homem chegou a Hong Kong na segunda-feira passada e foi transferido da clínica do aeroporto para um hospital próximo, segundo informaram as autoridades de saúde locais.

O outro caso é de um jovem, de 19 anos, que viajou do Canadá a Pequim em 7 de maio, e, na capital chinesa, ficou hospedado em um hotel, onde apresentou febre no dia 10, com dores de garganta e de cabeça.

Três dias depois, pegou o trem para Jinan, capital da província de Shandong, mas do próprio vagão entrou em contato com o centro provincial de controle de prevenção da doença, cujos funcionários o esperaram na estação para levá-lo ao hospital.

Os resultados dos dois exames realizados deram positivo para o vírus AH1N1 e a Administração de Saúde da província de Shandong comunicou o ocorrido nesta terça ao Ministério da Saúde da China.

Apesar do nome, a gripe suína não apresenta risco de infecção por ingestão de carne de porco e derivados. EFE pc-abc/db/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG